Nossas

Notícias

Nossos

Vídeos

MINHA

BIOGRAFIA

1943

Antônio Carlos Valadares nasceu no dia 6 de abril, em Simão Dias. Filho de Dona Caçula – Josefa Valadares, ex-prefeita de Simão Dias e do também ex-prefeito e ex-Deputado Estadual Pedro Almeida Valadares.

1967

Foi eleito prefeito de Simão Dias pelo voto direto aos 22 anos.

1970

Iniciou sua carreira política. Elegeu-se Deputado Estadual em 1970. 

1974

Reelegeu-se Deputado Estadual, quando presidiu o Poder Legislativo do Estado de Sergipe.

1978

Mais uma vez foi eleito pelo povo sergipano, desta vez para a Câmara Federal, licenciando-se por 2 anos e 9 meses para assumir a Secretaria de Estado de Educação e Cultura.

1982

Foi eleito vice-governador do Estado. 

1986

O povo de Sergipe lhe outorgou o mandato de Governador do Estado, eleito aos 43 anos de idade.

1994

Após deixar o governo do Estado, em 1990, continuou fazendo política e foi eleito, em 1994, em primeiro lugar e com expressiva votação, Senador da República.

1995

Filiou-se ao Partido Social Brasileiro (PSB).

2001

Apresentou a PEC que institui um Fundo para a Revitalização Hidroambiental e o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio. O que está tramitando na Câmara. 

2002

Foi reeleito senador, mais uma vez, como o mais votado e reconhecido no Estado como o “Senador da Gente”.  

2003

Foi eleito pela primeira vez um dos “Cabeças” do Congresso Nacional. A lista do Diap aponta os 100 mais influenciadores parlamentares do País.

2004

Foi apontado pela segunda vez um dos “Cabeças” do Congresso Nacional. A lista do Diap aponta os 100 mais influenciadores parlamentares do País.

2005

Apresentou projeto para a criação de Juizados Especiais da Fazenda Pública no âmbito dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios. A matéria foi sancionada pela Presidência da República em 2009, tornando-se a Lei 12.153 de 2009. Pela terceira vez consecutiva integrou a lista dos “Cabeças” do Congresso Nacional. 

2006

Novamente escolhido um dos 100 mais influenciadores parlamentares do País, segundo o Diap.

2007

Foi autor do Projeto de Lei que institui o Dia da Inclusão Social, que foi sancionado e se tornou a Lei 12.073 de 2009.

2009

Apresentou projeto para instituir cotas para idosos no serviço público.

2010

Reeleito senador pela terceira vez. No Senado foi presidente da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), vice-presidente do Senado Federal e líder do PSB no Senado diversas vezes. É autor da PEC da Alimentação, que originou a Emenda 64, que torna o acesso à alimentação como direito social, uma obrigação do Estado. 

2011

Pela quinta vez, integrou a lista dos “Cabeças” do Congresso. Foi eleito coordenador da Bancada Federal de Sergipe, cargo que ocupou por diversas vezes. Apresentou a Pec do Voto Distrital misto para deputados federais, estaduais e vereadores. 

2012

Presidiu o Conselho de Ética e Decoro do Senado Federal. A presidência sancionou a Lei 12.683 de 2012, que torna mais eficiente o combate aos crimes de lavagem de dinheiro no País. Foi o único político sergipano, escolhido pelo Portal Congresso em Foco, entre os 50 parlamentares que tiveram atuação destacada no Congresso Nacional no ano. Integrou novamente a lista dos “Cabeças” do Congresso Nacional do Diap. É a sexta vez que é reconhecido. 

2013

No biênio de 2013-2014, foi presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). Escolhido pela sétima vez como parlamentar destaque do ano pelo Diap.

2014

A luta contra o Câncer de Próstata ganhou reforço com a Lei 13.045 de 2014, que determina que o SUS inclua o câncer de próstata nos programas de atenção integral à saúde. Pela oitava vez escolhido um dos “Cabeças” do Congresso Nacional. 

2015

Novamente, foi escolhido como um dos Cabeças do Congresso Nacional, uma lista do Diap. Foi a nona vez que o senador integrou a lista representando Sergipe. Apresentou a PEC do Recall. A matéria foi aprovada na CCJ em 2017 e aguarda votação no Plenário. É autor da PEC do Semipresidencialismo. A proposta ganha destaque em meio à crise política.

2016

A presidência da república sancionou a Lei 13.312 de 2016, originada de projeto de Valadares que estabelece diretrizes nacionais para saneamento básico e determina a medição individualizada do consumo hídrico nas edificações condominiais. Pela 10ª vez é um dos Cabeças do Congresso Nacional.

2017

Foi eleito 3º Secretário para a Mesa do Senado Federal para o biênio 2017-2019. Pela 11ª vez integrou a lista dos 100 mais influenciadores do País.

Atuação

Parlamentar